segunda-feira, 25 de abril de 2016

Como ir de Cancun a Chichen Itzá: por conta própria ou de excursão?

Essa foi uma pergunta que rondou meus pensamentos desde a primeira vez que estive em Cancun. 

Sempre prefiro fazer os passeios por conta própria, mas a logística para Chichen Itzá é complicada e eu acabei optando por fazer esse passeio num desses tours 'pega turista' oferecidos nos stands espalhados pelas ruas.


Após algumas pesquisas, descobri que existem três maneiras de se realizar a visita ao sítio arqueológico de Chichen Itzá, localizado a aproximadamente 3 horas de Cancun.

* De carro alugado: 


Essa seria a forma mais confortável, com um bom custo e a que mais me agradou num primeiro momento, se não fossem pelos inúmeros comentários na internet acerca das falsas blitz policiais realizadas com o intuito de lesar o turista.


Não sei se estas informações procedem, porém isso já foi um bom motivo para eu descartar essa opção, aparentemente mais atraente, de realizar o passeio.

Reza a lenda que os turistas são parados nessa blitz, na qual a polícia cria milhares de embaraços com a documentação do carro alugado no intuito de arrecadar propina ( e aqui uso a expressão no sentido que conhecemos no Brasil, e não como os mexicanos, quando se referem a gorjetas).


Outra vantagem que vislumbrei nessa opção era a possibilidade de fazer o check out em Cancun, seguir para o sítio arqueológico e depois ir direto para Playa del Carmen, resolvendo também o problema de deslocamento entre as duas cidades. Seria bem confortável, otimizado e, principalmente, econômico. Mas, as notícias das falsas blitz me desanimaram.

* De ônibus:


A partir do Centro de Cancun partem ônibus com destino ao sítio arqueológico de Chichen Itzá, mas sequer cogitei essa opção, devido ao grande tempo de deslocamento, como também por inviabilizar a visita conjugada com algum cenote.


* De excursão:


Eu sei que sempre prego o oposto, mas dessa vez julguei a excursão a melhor maneira para conhecer a atração.


Fiz tudo como manda o figurino e reservei a excursão para Chichen Itzá com o Simon, num stand de vendas na porta do meu hotel ( Krystal Hotel), efetuando o pagamento antecipado, com a promessa de passeio para o dia seguinte às 07:15 horas buscando no lobby do hotel. 

A empresa responsável pelo passeio era a Dream Tours. Inicialmente nos foi cobrado o valor de 109 dólares por pessoa, mas depois de alguma pechinchada, pagamos o valor de 45 dólares cada. Hehe eu realmente ando ficando boa nisso!


O pacote acordado incluía: transporte ida e volta, entrada ao sítio arqueológico, almoço sem bebidas incluídas, entrada e visita ao Cenote Ik Kil, e uma garrafa de água.


Tinha tudo para dar errado, mas não deu!!!

No horário combinado, uma van buscou o grupo no hotel e fomos conduzidos para o Shopping Flamingos, de onde partem as excursões em Cancun. 

Já no shopping trocamos nosso voucher e seguimos num confortável ônibus, com banheiros e ar condicionado, dando início ao passeio. 


O guia era muito atencioso e foi tentando nos entreter durante a viagem. 


Pausa para ir ao banheiro e logo em seguida a primeira parada: colônia de artesanato local e almoço, já incluído no pacote, apenas não incluindo as bebidas.



O almoço foi um dos piores da minha existência! Só não fiquei surpresa com isso, porque já havia passado por isso anteriormente num passeio em 2014 a Tulum e Cobá, que foi tão ruim quanto.haha


Seguimos viagem com uma nova parada numa cidadezinha simples e pausa para fotos, vendidas separadamente como estampas em um rótulo de uma bebida local.

Eu já estava quase me arrependendo do passeio, quando finalmente chegamos ao sítio arqueológico de Chichen Itzá. Impressionante a beleza do lugar e toda a atmosfera envolvida.


O sítio arqueológico é grande e o calor é muito intenso, com poucas sombras durante o percurso. Imprescindível o uso de calçados confortáveis, roupas leves, chapéu ou boné, filtro solar e água.


A água vendida no restaurante da entrada de Chichen Itzá é um pouco cara, então a dica é comprar antes de entrar.

Nosso guia denegria a qualidade dos souvenires vendidos no interior do sítio arqueológico por todo tempo, mas são os de melhor preço, com qualidade igual a todos os oferecidos pela  Cidade. Acho que vale a pena trazer as lembrancinhas da viagem de lá.

 

O grupo foi separado entre dois guias, um em inglês e outro em espanhol. Percorremos um curto trajeto acompanhados de nosso guia, que explicou um pouco sobre o sítio arqueológico e nos deixou livres por um período de aproximadamente 02 horas, marcando como ponto de encontro o ônibus no estacionamento. 

De Chichen Itzá partimos para o Cenote Ik Kil, que dista uns 05 minutos do sítio arqueológico. Essa foi minha segunda visita a um cenote, e esse realmente é deslumbrante!!! 


Pausa para banho e fotos e depois de 01 hora seguimos viagem até a Cidade de Valladolid, com pausa de 30 minutos para fotos e sorvete.

Li em muitos blogs sobre passeios nos quais não era permitido o desembarque em Valladolid, apenas fotos do interior do ônibus, então achei esse passeio mais vantajoso. Se estamos por aqui, que mal há em agregar mais uma cidade no passeio não é mesmo?!?

Após a rápida visita a Valladolid, retornamos para Cancun, com paradas nos hotéis de todos os passageiros, chegando ao hotel por volta das 21 horas.


Apesar de não curtir o esquema excursão em minhas viagens, julguei produtivo o passeio, levando em consideração a complicada logística para conhecer Chichen Itzá de forma independente. 

Pontos negativos: 

- o início do passeio sofreu um considerável atraso, ainda no Shopping Flamingos, sem nenhuma explicação. Ficamos por aproximadamente 01 hora aguardando pacientemente no interior do ônibus.

- passamos mais tempo nas 'partes secundárias' do passeio do que propriamente em Chichen Itzá, o que me desagradou bastante.

- o passeio oferecia água mineral , o que não foi cumprido.

- a turistada se atrasa mesmo em todas as paradas, e quem é pontual tem que ficar esperando pelo bom senso e boa educação dos demais.


Se eu faria esse passeio novamente? Acredito que sim... Mas tão somente pela dificuldade de ir até lá de forma independente.






Está programando sua viagem para Cancun? Então não deixe de ler nossos demais posts sobre a região.


E você? Tem alguma dica de Chichen Itzá? Então deixe aqui pra nós nos comentários e vamos ajudar a comunidade viajante a cada dia viajar mais...

Beijoxx.