quinta-feira, 13 de agosto de 2015

ROTEIRO DE 02 DIAS EM BENTO GONÇALVES/RS - Parte I

Refazer o roteiro do Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves/RS, depois de 9 anos foi no mínimo surpreendente, tive a sensação de estar chegando em um destino novo, porque muita coisa mudou por lá. A Cidade é tranquila e encantadora, com fortes traços da colonização italiana e, se você gosta de vinho e de uma boa massa, esse é o seu lugar!


Dia 01:


Aproveitei a viagem à Gramado e parti de carro até Bento Gonçalves, com direito a um pit stop em Nova Petrópolis


Praça das Flores Nova Petrópolis
A viagem de Gramado a Bento Gonçalves, de carro alugado, dura em média 1hora e meia, o trânsito é bem tranquilo e bem fácil de estacionar por toda Cidade, o único porém são os milhares de radares de 80 km espalhados pela estrada. Tome muito cuidado, porque nem sempre eles estão bem sinalizados.


Labirinto Verde - Nova Petrópolis

Logo na chegada a Bento Gonçalves, pausa para a tradicional foto no PÓRTICO PIPA,  o portal de Bento Gonçalves em forma de barril de vinho, localizado bem na entrada da Cidade, ao lado do sempre útil escritório de informações turísticas.

Pórtico Pipa


Com o mapa da Cidade nas mãos, segui para a VINÍCOLA AURORA, localizada bem no Centro da Cidade. 


Vinícola Aurora

Não se trata propriamente de uma visitação à vinícola, é mais um passeio turístico guiado pela fábrica, com direito a explicação de toda a história da cooperativa e de processo de fabricação dos vinhos, incluindo uma farta degustação ao final.

Vinícola Aurora

A visitação à Aurora é gratuita e não necessita de agendamento, ocorrendo em todas os dias da semana das 08:15 hs às 17:15 hs e aos domingos de 08:30 hs as 11:30 hs.

 

Na sequência segui por 6 km em sentido à Veranópolis com destino à VINÍCOLA SALTON. Achei um pouco distante, mas tinha lido que essa era a visitação mais próxima aos parreirais de uva e a todo o processo de produção como era feito antigamente.


Vinícola Salton

A visitação possui horários determinados e um custo de R$15,00. Acabei desistindo de visitar a vinícola porque teria que esperar o horário e segui para o meu objetivo principal: o VALE DOS VINHEDOS.

No Vale do Vinhedos existem dois caminhos principais: a Estrada do Vinho e a Via Trento. Basta escolher qual direção seguir primeiro e ir parando, vinícola por vinícola, conhecendo mais sobre  a história da vinícola e o processo de fabricação. 

Segui a Estrada do Vinho iniciando o passeio pela QUEIJARIA VALBRENTA. Queijos temperados e salames deliciosos com direito a degustação e muuuuitas comprinhas. 


Queijaria Valbrenta

Não tem como não trazer essas delícias pra casa, não é mesmo?
Queijaria Valbrenta
Compras realizadas, segui em direção ao hotel. Fiquei hospedada no próprio Vale dos Vinhedos, no HOTEL & SPA DO VINHO AUTOGRAPH COLLECTION. Um hotel imponente, suntuoso e muito confortável. Foi uma excelente experiência ficar hospedada por ali, pertinho de tudo. 


Spa & Hotel do Vinho

Para ler mais sobre minha hospedagem no Spa do Vinho, clique no link: 

SPA & HOTEL DO VINHO AUTOGRAPH COLLECTION: um elegante hotel no coração do Vale dos Vinhedos em Bento Gonçalves/RS


Descemos do hotel e logo em frente está a VINÍCOLA MIOLO, onde fizemos o tour guiado. 


Vinícola Miolo

O tour é bem interessante, mas é turistão. É apresentado um mini parreiral e em seguida seguimos para ver as barricas onde o vinho fica armazenado, conhecendo um pouco mais sobre a tradição e trajetória da vinícola. Após, fomos direcionados a uma bela sala de degustação, onde provamos e conhecemos mais um pouco sobre harmonização. Muito interessante!

Vinícola Miolo - Wine Garden

A visitação da Miolo tem um custo de R$15,00, revertendo uma parte para consumo na lojinha. Os hóspedes do HOTEL & SPA DO VINHO podem visitar a vinícola gratuitamente, basta apresentar sua identificação. 

Situado nos jardins existe o WINE GARDEN, um agradável espaço para saborear um vinho acompanhado de uns petiscos, ali mesmo... na grama.

Continuamos o passeio e fomos conhecer a LÍDIO CARRARO VINÍCOLA BOUTIQUE. A visitação não é propriamente à vinícola, e sim à casa dos proprietários, com uma explicação sobre a história da família e da vinícola, com direito a degustação no final. 


Vinícola Lídio Carraro

Os vinhos da Lídio Carraro seguem uma filosofia purista, sem elementos de correção em seu processo de fabricação e caíram no gosto popular depois que a vinícola foi escolhida para elaboração de um vinho exclusivo para a Copa do Mundo, o Faces. 

 

A visitação é gratuita e a vinícola fica bem ao lado da Miolo.

Vinícola Lídio Carraro

Pausa para o almoço, porque de barriga vazia ninguém consegue fazer tanta degustação... rs

Tentamos almoçar no famoso Mamma Gema, mas a fila de espera estava enorme e acabei conhecendo o RESTAURANTE SBORNEA'S. Experimentei a picanha grelhada acompanhada de risoto de copa e radicci. Como entrada, queijo frito à milanesa. Comida saborosa e com um bom  preço. 


Restaurante Sbornea's

No período da tarde seguimos a Via Trento desbravando vinícola por vinícola. Durante o passeio pode-se perceber que a sequência de vinícolas é praticamente alternada, com uma vinícola de grande porte e uma média ou pequena. 

Nossa primeira parada nesse caminho foi a charmosa vinícola BARCAROLA, uma vinícola familiar. Me encanta esse clima de Toscana em pleno Brasil...


Vinícola Barcarola

Paramos para visitar a CASA VALDUGA, meu vinho preferido do Vale dos Vinhedos, mas não fiz o tour de visitação dessa vez, porque já havia feito na outra vez que estive por lá.

Finalizei o dia de hoje já não podia beber mais nada nessa data assistindo ao por do sol do alto do HOTEL & SPA DO VINHO e aproveitando a bela vista dos parreirais.

Spa & Hotel do Vinho

Vinícola Aurora

Vinícola Aurora

Relatei aqui nesse post meu primeiro dia do ROTEIRO DE 02 DIAS EM BENTO GONÇALVES

Aguardem as cenas dos próximos capítulos, que logo logo vou disponibilizar a parte dois desse roteiro.

 Leia mais:


+ Taverna del Nonno - Dica de onde comer bem em Gramado/RS