sábado, 24 de janeiro de 2015

Compras no Duty Free Argentina: será que vale à pena?!?

Em tempos de alta do dólar, nossas comprinhas em Duty Free estão sendo bem prejudicadas né?!? Mas mesmo com os preços exorbitantes, a brasileirada faz a festa quando encontra um duty free. Dessa vez eu fui forte!

O Duty free da Argentina fica localizado na Cidade de Puerto Iguazú, ao lado da aduana Argentina, na divisa com a Cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná.

Fachada do Duty Free
Para ir até o Duty Free, apesar de estar localizado na Argentina, não é necessário passar pela aduana. Se você não estiver de carro, o meio para se chegar até lá é o táxi. Consulte seu hotel sobre a possibilidade de transfer gratuito, porque a maioria dos hotéis de Foz faz esse serviço.

Estive no Duty Free com o transfer oferecido pelo meu hotel (Hotel Viale Cataratas - se você não leu o post do hotel, clique aqui) e foi uma excelente opção de transporte. O transfer me levou às 18 hs e me buscou às 20 hs para retornar ao hotel. Tempo mais que suficiente.

Duty Free Argentina
Eu, particularmente, não achei o Duty Free Argentino lá essas coisas... Se você estiver na Cidade de Foz e seu objetivo for fazer compras, vale muito mais à pena dedicar um dia para conhecer comprar em Ciudad del Este no Paraguai. Lá sim os preços nos conquistam!

Logo na entrada do Duty Free o visitante tem que guardar todos os seus pertences em uma bolsa lacrada. Até sua carteira e o celular ficam lacrados até a hora de passar pelo caixa. 

Achei péssimo não poder ter acesso aos meus pertences enquanto transitava pela loja. Eu, particularmente, uso meu celular em tempo integral para fazer conversão. Sem ele não consegui me virar bem nessas contas não... Enfim, tudo já estava beeem desagradável, quando resolvi comer uma empanada no local. Na hora de pagar, tive que levar a tal bolsa até uma segurança, que me permitiu (oi?) retirar apenas o dinheiro da minha carteira ali na sua frente e lacrou novamente minha carteira na famigerada bolsa. Achei isso bem chatinho e não gostei.

Desabafos à parte, o que eu não curti mesmo foram os preços! Achei todas as mercadorias com um valor bem acima do praticado nas lojas de Duty Free dos aeroportos e, principalmente, do Paraguai, vizinho e tão acessível para quem já está em Foz.

Não comprei absolutamente nada, mas escutei algumas pessoas comentando que o preço das bebidas valia à pena. Como esse não era meu interesse, nem fui lá pra conferir...

Apesar de ser uma loja muito bonita, acho que vale mesmo só pela visita. Comprinhas?!? Deixem para o Paraguai...

No próximo post conto como foi meu dia em Ciudad del Este. Aguardem as cenas dos próximos capítulos!