segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Bate e volta de Santiago ao Valle Nevado e Farellones

Quem está pensando em visitar Santiago do Chile, no inverno, e gostaria também de conhecer a neve, mas está sem disponibilidade de tempo ou orçamento para se hospedar numa estação de esqui, saiba que um bate e volta ao Valle Nevado ou Farellones é muito viável, e você não vai voltar para casa sem realizar seu sonho de conhecer a neve.

Farellones

Neste post vou deixar a dica de como fazer um bate e volta de Santiago ao Valle Nevado e Farellones.


O atrativo mais procurado para quem viaja para o Chile nos meses de inverno é visitar as montanhas para conhecer a neve e praticar esqui, dentre outros esportes de inverno. 

As principais pistas de esqui localizadas nas proximidades da capital Santiago são La Parva, El Colorado, e as tão famosas Farellones e Valle Nevado.

Em nossa primeira visita a Santiago na temporada de inverno conhecemos o Valle Nevado. Embora seja a pista mais conhecida pelos turistas, o Valle Nevado é mais voltado para quem sabe esquiar, apesar de serem oferecidas aulas aos iniciantes no esporte. Suas pistas são maiores, e não há no complexo nenhuma atividade para crianças, a não ser o esqui. 

Valle Nevado

O lugar é lindíssimo e vale a visita, nem que seja para conhecer a neve contemplando aquele espetáculo da natureza em um de seus belos mirantes/restaurantes.

Valle Nevado

Muitas pessoas não sabem, mas não é necessário pagar entrada para conhecer o Valle Nevado. Quem deseja só conhecer a neve, tirar fotos e contemplar a paisagem pode passar o dia por lá sem gastar nenhum tostão. As únicas despesas serão o transfer de ida e volta ao Valle, e o aluguel da roupa apropriada para a neve.

Como é o tour ao Valle Nevado e Farellones:


Em nossa última viagem ao Chile, contratamos o tour Andes Panorâmico. O tour na verdade consiste no transfer de ida e volta às duas montanhas. Diversas empresas oferecem o tour com valores que variam de 20.000 a 32.000 pesos chilenos*. 

A van nos buscou no hotel as 07:30h, fez uma parada numa loja de aluguel de roupas de neve e subimos para as montanhas. 

Farellones

O kit completo da roupa de neve é composto por casaco, calça, bota, óculos e luva, e o aluguel custou 25.000 pesos chilenos*.

São 60 curvas subindo a Cordilheira dos Andes até o Valle Nevado, e 40 curvas até Farellones. 

Como já conhecíamos o Valle Nevado, optamos por ficar em Farellones. A van seguiu até o Valle Nevado, fez uma pausa por lá e retornou a Farellones, onde permaneceu até as 15:30h, horário marcado para o retorno a Santiago.

O Parque Farellones possui maiores atrativos para aqueles que não desejam esquiar, e sim pretendem se divertir com a neve. A entrada no Parque possui um custo de 20.000 pesos chilenos* e inclui tirolesa, teleférico, escorregar na boia e esquibunda. 

Farellones

Quem pretende somente conhecer a neve, e não deseja praticar nenhuma atividade não precisa pagar o ingresso de entrada no Parque, basta se acomodar em um dos restaurantes e apreciar a diversão da criançada. A área do restaurante é cercada de neve por todos os lados e possui uma visão estratégica das atividades do Parque.

Ambas as estações possuem restaurantes/lanchonetes. Experimentamos os lanches nas duas e achamos o custo benefício ruim pela qualidade dos produtos. Para quem curte um vinho ou uns drinks, aí a história já é outra... Os drinks tem um bom custo e são bem saborosos.

Farellones

Ficou em dúvida entre Farellones ou Valle Nevado?


Se pretende esquiar e já possui alguma experiência no esporte, Valle Nevado.

Se deseja apenas arriscar uma aulinha de esqui numa pista mais amadora e dedicar o resto do seu dia entre brincadeiras como em um parque de diversões, Farellones. 

Farellones é o local mais indicado também para quem viaja com crianças. 

Mas se você pretende ter um panorama geral da região, dá para fazer as duas estações no mesmo dia, como é oferecido no passeio.

Farellones

Dica amiga: Leve uma mochila para guardar suas roupas e pertences, e não esqueça de passar filtro solar. Apesar do frio, o sol queima muito. Lembre-se sempre também de proteger os olhos com óculos escuros, é praticamente impossível permanecer nas estações sem eles em dias de sol. Ah! Dá para levar alguns lanchinhos na mochila também, os restaurantes e lanchonetes são bem carinhos e os lanches nem são tão bons assim para valer o custo.

Caso você pretenda se dedicar intensamente aos esportes, aconselho escolher uma hospedagem em uma das estações de esqui. O tempo de viagem até as montanhas é de aproximadamente 01 hora, dependendo do trânsito e das condições climáticas. 

Lembrando que não é aconselhável alugar um carro para conhecer as montanhas caso você não possua experiência em dirigir na neve. Por muitas vezes é necessário o uso de correntes nas rodas dos carros a fim de evitar que o carro deslize na pista. Por questões de segurança, recomendamos que opte por uma das empresas especializadas.

Farellones

* Os valores fazem referência ao mês de julho/2017.