domingo, 21 de fevereiro de 2016

Madri em 48 horas: Como conhecer os principais pontos turísticos de Madri em 02 dias

Na viagem para Portugal, aproveitei que o voo faria necessariamente uma conexão em Madri, uma vez que voei pela Ibéria, e decidi fazer um stopover, passando uma noite na Cidade.

Parque do Retiro - Madri

Para saber como realizar esse processo de stopover grátis e conhecer outras cidades durante a viagem, leia mais em Como comprar um voo com stopover grátis?

Dormindo apenas uma noite, mas com dois dias inteiros para aproveitar (cheguei bem cedo num dia e saí bem tarde no dia seguinte), montei um roteiro de dois dias em Madri, com as atrações básicas - e grátis- da Cidade.

Porta do Sol - Madri


Dia 01:


Como estava hospedada na "Broadway Madrilenha", a Gran Via, comecei meu trajeto caminhando por esta linda e movimentada avenida em direção à Porta do Sol

Eis que no meio do caminho havia um El Corte Ingles, o maior e mais interessante talvez, por conta do animado espaço gourmet, o Gourmet Experience, inaugurado no terraço repleto de barzinhos charmosos e  bela vista da Cidade. Foi difícil não ficar por ali o dia todo, mas quando temos pouco tempo para explorar a Cidade, é preciso ter foco. Pequena pausa para fotos e comprinhas e seguimos em diante.

Gourmet Experience El Corte Ingles - Madri


Em direção à Porta do Sol, local onde encontramos o principal símbolo de Madri, o Urso e a Árvore

O Urso e a Árvore - Madri


De lá, a uma curta caminhada se chega a imponente Plaza Mayor, com suas 237 varandas, o Arco de Cuchilleros e repleta de restaurantes. No meio do caminho, muitas lojinhas de produtos típicos da região e centenas de bares de tapas. 


Porta do Sol - Madri

A Plaza Mayor me lembrou muito a atmosfera da Piazza San Marco, em Veneza, no verão... 

Plaza Mayor - Madri

Segui até o Mercado de San Miguel, um centro de culinária/mercado variado com produtos frescos, frutas, frios, petiscos, cerveja e muito vinho, que se encarregam da animação no local. 


Mercado San Miguel - Madri

Pausa para experimentar a cerveja San Miguel Fresca com uma rodela de laranja. Inusitado e muito refrescante. Acho que foi meu lugar preferido em Madri.

Mercado San Miguel - Madri


Seguindo na caminhada, conhecemos o Palácio Real de Madri, onde está localizada a residência oficial do Rei da Espanha - que não mora lá- e representa o maior palácio real da Europa, a Catedral de Almudema, os Jardins de Sabatini, o Campo del Moro e a Plaza de Oriente, com suas esculturas e o Teatro Real.

Catedral de Almudema - Madri



Palácio Real de Madri - Madri


Jardins de Sabatini - Madri


Palácio Real de Madri 


Seguimos numa pequena caminhada em direção ao Templo Debod


Templo Debod - Madri


A visita ao templo é gratuita e muita rápida. Mas confesso que o mais interessante, na minha opinião, é a parte externa.

Templo Debod - Madri


Ainda caminhando cheguei a Plaza de Espanha e depois retornei ao hotel.

Plaza de Espanha - Madri


À noite, circulei pelas lojas e bares da Gran Via, fazendo algumas comprinhas e experimentando os famosos presunto cru e sangria de vinho. Comi ainda uma pizza maravilhosa na La Sureña. Desculpem-me, mas não me lembro o valor, mas era muito baratinho e bem cheio.

Gran Via - Madri

Dia 02:


Flanando pelas ruas até a Porta do Sol, pegamos o metrô em direção ao Parque do Retiro, um parque lindíssimo, com um lago, barquinhos e artistas de rua garantindo a diversão. 

Parque do Retiro - Madri


Ainda dentro do parque, conhecemos o Palácio de Velázquez e o Palácio de Cristal.


Parque do Retiro - Madri


Palácio de Cristal/Parque do Retiro - Madri


De lá, cruzamos os belos jardins e a uma curtíssima caminhada chegamos a Igreja de San Jeronimo e ao Museu Do Prado


Igreja de San Jeronimo - Madri


O museu havia fechado mais cedo em virtude do feriado de 15/08 e eu não consegui entrar. Conferi o horário da gratuidade, mas não atentei para os feriados. Acontece! Continuei minha caminhada em direção novamente ao Centro da Cidade, conhecendo vários bares de tapas e sentindo o estilo de vida da Cidade.

Museu do Prado - Madri


Retornei ao Mercado de San Miguel e fiz uma pausa para um Aperol Spritz (4 euros), drink muito refrescante facilmente encontrado em todos os bares e restaurantes. 


Aperol Sefie - Madri


Como em Madri sempre que pedimos um drink, recebemos uns petiscos como cortesia (que eles denominam de tapas), fui petiscando ao longo do dia e almocei bem tarde.

Mercado de San Miguel - Madri

O clima ao redor do Mercado é tão agradável, que almoçamos num charmoso restaurante ali em frente, o Taste Gallery. Bom, bonito e barato.

Comi arroz negro com chipirones y alioli (13 euros). 


Restaurante Taste Gallery - Madri


O outro prato escolhido da mesa foi Hamburguesa de ternera (11 euros). 


Restaurante Taste Gallery - Madri


Pratos fartos e com um bom custo e acompanhados de muita música e um incansável movimento de turistas entrando e saindo do mercado.

Mercado de San Miguel - Madri

Como já havia passado pelos pontos de meu interesse, resolvi retornar ao hotel , localizado na Gran Via, caminhando e conhecendo as milhares de lojas que existiam no trajeto e passei para observar o Edifício Metrópolis e a sua imponente estátua de anjo em seu topo.


Porta do Sol - Madri

Este roteiro está longe de esgotar as principais atrações da Cidade, mas serviu como uma prévia para um roteiro mais extenso e completo pela bela Cidade em outra oportunidade. 

Para conhecer nosso roteiro de 02 dias em Lisboa, acesse o link:

Lisboa em 48 horas: Como conhecer os principais pontos turísticos de Lisboa em 02 dias


Mais algumas imagens da Cidade de Madri... 


Porta do Sol - Madri

Catedral de Almudema - Madri

Madri

Madri
Plaza do Oriente - Madri 
 
Madri

Parque do Retiro - Madri

Madri

Parque do Retiro - Madri
Parque do Retiro - Madri

Parque do Retiro - Madri

Museu do Prado - Madri

Plaza Mayor - Madri
Escadas para o Templo Debod - Madri