segunda-feira, 25 de maio de 2015

RESTAURANTE PAU DE ANGU - TIRADENTES: Comidinha mineira é bom-demais-da-conta, uai...

Cheguei a Tiradentes já na hora do almoço e segui direto para dar início ao meu roteiro gastronômico pela Cidade, no RESTAURANTE PAU DE ANGU.

Restaurante Pau de Angu


O Restaurante Pau de Angu fica localizado no caminho de Tiradentes a Bichinhos, numa grande propriedade com uma bela vista para a Serra de São José.


Restaurante Pau de Angu


Decorado com objetos típicos da região, o Restaurante encanta os turistas com suas lembrancinhas. Mas, vamos ao que interessa: a deliciosa comida mineira.

 

Como entradinha degustamos a famosa linguiça defumada mineira, fabricada artesanalmente pelo próprio restaurante e servida à mesa numa chapa quente e acompanhada de farofa de fubá. 

 

Pedimos apenas meia porção, já sabidos de que as porções do restaurante são muito fartas, e estávamos cobertas de razão.

Linguiça mineira defumada - Restaurante Pau de Angu

Como prato principal optamos pelo mineirinho, prato tradicional da casa, que serve quatro pessoas, optamos também por meia porção. 


Mineirinho - Restaurante Pau de Angu


Carne de panela, costelinha e lombo acompanhados de arroz branco, couve, feijão tropeiro, batata corada e o melhor tutu de feijão que já comi na vida!!!! Eta trem bom... Comida daquele tipo que dá vontade de mandar embrulhar pra trazer pra casa, sabe?!? Rs 

 

Indico de olhos fechados e sugiro encaixar o almoço no Restaurante Pau de Angu quando for conhecer Bichinho, devido à logística do caminho. Comidinha mineira boa-demais-da-conta, uai...

 

O único ponto de atenção é que o restaurante não aceita cartões de débito e crédito, aceitando somente cheque e dinheiro e funciona somente para o almoço, das 11h30min às 17:00 horas. Então, viajantes... Money na carteira!


RESTAURANTE PAU DE ANGU
Estrada Real Tiradentes - Bichinho - Marco III
(32) 9948-1692
www.tiradentesgerais.com.br/paudeangu

Restaurante Pau de Angu

Pau de Angu: Estrelado pelo Guia Quatro Rodas


Serra de São José ao fundo