domingo, 10 de junho de 2018

Cajón del Maipo e Embalse el Yeso - dicas para planejar o melhor passeio em Santiago

Confira nesse post dicas para planejar sua viagem para Cajón del Maipo e Embalse el Yeso: quando ir, como chegar, qual agência escolher e o que fazer em Embalse em Yeso. 

Uma represa artificial, localizada na Cidade de San José del Maipo, a aproximadamente 80 km da Cidade de Santiago. Com uma definição nada convidativa, Cajón del Maipo se revelou um dos mais belos passeios em Santiago, no Chile. 


Imagens da belíssima represa já tinham atraído nossa atenção pela internet, mas em nossa última visita a Santiago, no inverno, o clima não ajudou e nós não conseguimos conhecer Cajón del Maipo. 

Esse já era um excelente motivo para voltarmos a cidade, não é mesmo? E nós voltamos! 

Voltamos sem roteiro e sem hospedagem, com o intuito exclusivo de conhecer aquele que seria o passeio mais badalado de Santiago no momento: um bate e volta a Cajón del Maipo e Embalse el Yeso.


É possível fazer conhecer Cajón del Maipo por conta própria?


Sempre priorizamos fazer os passeios de maneira independente, mas após muitas pesquisas, concluímos que o passeio a Cajon del  Maipo, no inverno, precisa ser realizado com uma agência de turismo que conte com um guia especializado


A estrada que leva até San Jose del Maipo é bem tranquila. No entanto, a subida até o Cajón del Maipo conta com curvas sinuosas, em trechos por onde passa somente um veículo. Somado a isso, a neve que desce a encosta cobre as estradas de gelo, e somente um expert para conduzir em estradas com condições tão adversas.

Qual agência escolher para ir até Cajón del Maipo?


Prezando por nossa segurança, optamos em fazer o passeio com a 321 Chile, uma agência de propriedade de um brasileiro que vive em Santiago há muitos anos. 

Com guias especializados e muito atenciosos, o diferencial da 321 Chile é oferecer o que você precisa. A 321 não prioriza lotar um ônibus e oferecer baixos custos para subir a montanha.  O serviço oferecido pela agência é mais pessoal e intimista. Com um tour personalizado, em carros menores, o serviço oferecido é altamente diferenciado. 

Você pode optar em fazer os passeios ( sim, a 321 Chile conta ainda com outros roteiros) em um grupo ou de maneira privativa. 


Como foi nosso tour para Cajón del Maipo?


Nosso tour foi realizado num grupo de apenas 04 pessoas, de modo que o guia pudesse dispensar mais atenção a todos os integrantes do grupo. 

As 07:00 horas da manhã nosso guia, Sebastian, nos buscou no hotel. Fomos apenas a mais um hotel para buscar o outro casal, e seguimos em direção à San Jose del Maipo. 

Uma pequena pausa para aluguel de casacos e botas de neve (8.000 CLP cada item), necessários para o passeio, diante das baixas temperaturas em Cajón del Maipo, e ao terreno acidentado e escorregadio. 

Alugamos tão somente casaco e bota, mas a loja oferece ainda aluguel de equipamentos de esqui, luvas, calças e gorros. Caso você vá com um ultra casaco, acho que somente o aluguel da bota já te atenderá. 


Nós estávamos bem agasalhados, mas optamos em alugar um casaco impermeável por recomendação de nosso guia. Decisão acertadíssima. 

Os fortes ventos carregam flocos de neve montanha abaixo, e o casaco alugado ( por cima dos nossos casacos) nos protegeu do frio intenso, bem como de ficarmos molhados. 

Era esse o diferencial que estávamos buscando ao escolher a agência para fazer o tour. Num grande grupo o guia não tem como te ajudar com esses pequenos detalhes... 

No dia do nosso passeio, no início do mês de junho, as temperaturas no alto da montanha giravam na casa de -9ºC, e o solo já estava coberto de neve. Quando a neve está densa e fofa, não há perigo de escorregar, mas quando há pouca neve, o degelo faz com que se formem camadas finas e lisas, o ambiente perfeito para causar pequenas quedas. Quem me acompanha pelo Instagram deve ter visto que eu caí por duas vezes na descida.

Devido a neve no solo, não era permitido subir até o final da represa com o veículo. O guia parou o carro no ponto máximo permitido e seguimos caminhando. 

A subida apreciando os picos nevados já é um lindo espetáculo. Mas o melhor ainda estaria por vir. 

Após uns 20 minutos de caminhada, chegamos à represa. Um lindo lago (artificial) de águas azuis cristalinas, em contraste com a montanha coberta de neve. 


Caminhamos até um ponto mais à frente, margeando o lago, com inúmeras pausas para fotos. Ficamos alguns instantes apreciando a beleza daquele lugar tão encantador.

Retornamos ao carro numa caminhada vagarosa, em virtude do solo coberto de gelo, fazendo mais algumas pausas para fotos. Nosso querido Sebastian fez inúmeros registros nossos naquele lugar de uma paz sem igual. 


Seguimos com o carro por mais uns 5 minutos até um pequeno paraíso à beira do rio. Esse foi o local escolhido por nosso guia para fazermos o piquenique. 

Imaginei que o piquenique fosse algo simples e improvisado. Mas mais uma vez nosso guia nos surpreendeu. Com todo o capricho, Sebastian montou uma mesinha com frios, snacks, queijo temperado, chips de batata, água, suco e o ingrediente principal... o vinho! 

Um assemblage de Cabernet Frane, Carmenere e Cabernet Sauvignon da Vinícola Santa Rita. 


Passamos alguns minutos papeando e curtindo aquele pequeno pedaço do paraíso, até que nos dirigimos ao carro e retornamos ao nosso hotel. 

Se você, como nós, também não é adepto dos passeios em excursões, eu recomendo fortemente a 321 Chile para fazer os passeios que não temos como fazer por conta própria. 

Apesar de termos feto o passeio com uma agência, o conceito diferenciado do serviço fez toda a diferença, e parecia que estávamos livremente curtindo Cajón del Maipo. Em nenhum momento fomos apressados ou instados a prestar atenção ao horário. Pelo contrário, fizemos tudo no nosso próprio tempo, do jeitinho que sempre gostamos de fazer. 

E se você prefere ter a comodidade de contratar uma agência para realizar os passeios, a 321 Chile conta ainda com tours para vinícolas do Vale do Maipo, Casablanca e Colchágua, Viña del Mar e Valparaíso e estações de esqui ( Valle Nevado e Farellones), como também transfers privativos. 


Como disse anteriormente, a 321 Chile te oferece o que você busca, eles escutam os seus anseios, e montam os passeios de forma a atender às suas necessidades. Com esse mino todo, não tem como não amar não é mesmo?

Quando ir a Cajón del Maipo:


Ao contrário das estações de esqui, Cajón del Maipo e Embalse el Yeso podem ser visitados em qualquer época do ano. Mas por questões climáticas, só haverá neve no inverno.

Visitamos Cajón del Maipo no mês de junho e as montanhas já estavam cobertas de neve. 

Dizem que no verão as águas ficam verde esmeralda, num belo contraste com a montanha cor de terra. Voltaremos um dia pra conferir. 



321 Chile:

Telefone: +56 9 9243 3971 (whatsapp)



+ Confira mais algumas fotos de Cajón del Maipo: