segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Aventuras em Bratislava!!! Day Trip à Eslováquia partindo de Viena.

Bratislava é a capital da Eslováquia e fica situada a aproximadamente 40 minutos de trem de Viena. 


Essas pequenas distâncias de um país para outro na Europa sempre mexem comigo, fico inquieta para conhecer o máximo de destinos possíveis, e foi assim que resolvi fazer um bate-volta a Bratislava partindo de Viena.


Para ir a Bratislava, saindo de Viena, existem três opções: trem, ônibus e barco. Em todas as opções o tempo do trajeto é de aproximadamente 40 minutos a 1 hora. Irresistível para quem tem o mapa mundi na wish list, né?!?


Minha opção para o trajeto foi o trem. Os trens para Bratislava partem de hora em hora (mas atenção que a hora é quebrada) da Estação Südtiroler Platz-Hauptbahnhof e custam 15 euros o trajeto de ida e volta.


O trem é simples, não dá para esperar um trem de alta velocidade por esse valor, mas ultrapassou minhas expectativas com tomadas ao lado dos assentos, o que garante um reforço na carga do celular... 


Chegando a Bratislava a comunicação foi tensa. Não vá achando que você vai se comunicar tranqüilamente em inglês, isso não acontece. Por diversas vezes tivemos que colocar em prática nossos vastos conhecimentos em 'Imagem e Ação' adquiridos na infância... Haha



Na própria estação de trem existe um escritório de informação turística e pegamos o mapa e algumas informações. Saímos da estação no ônibus X-13 sem nenhuma dificuldade, o ônibus parte de um terminal bem em frente à estação do trem. 



Descemos do ônibus no Centro Histórico e começamos a desbravar a charmosa e surpreendente Cidade.


Logo na praça central nos deparamos com o prédio de informações turísticas e, pasmem, com outros brasileiros também perdidos por lá. Acho que só estamos perdendo para os chineses no quesito 'se espalhar pelo mundo'....rs

Continuamos à pé pelo Centro e encontramos as estátuas de bronze. 



Muito interessante ver cenas do cotidiano retratadas nas estátuas e a forma divertida com que os turistas as fotografam. 


Lógico que não fiquei de fora e imitei as estátuas também para posar para umas fotos!



Dali seguimos para o Castelo andando, encontrando diversas lojas de souvenirs e o comércio local. 


A vista da Cidade a partir do Castelo é lindíssima. E o inverso também é verdade...haha


Descemos à pé, cruzando o Rio Danúbio até o UFO, observatório em forma de disco voador com 96 metros de altura. 


O visitante pode ter acesso gratuito ao UFO, caso suba para o restaurante. Mas, caso não tenha intenção de fazer nenhuma refeição nas alturas, é cobrado um ingresso de 8 euros para a subida de elevador. 


A vista do observatório é deslumbrante e a beleza da cidade no outono é um capítulo à parte. 

O Danúbio "verde"
Mas deixo aqui o meu conselho aos medrosos de plantão: a parte do observatório fora do bar e do restaurante é aberta e balança um pouco. Eu, que morro de medo de altura, não me senti nada confortável lá e desci para a área envidraçada do bar, que pasmem, também balança. rs


Do UFO caminhamos em direção ao centro e almoçamos num restaurante/pub. Comi uma das melhores pizzas da minha vida em Bratislava. E para acompanhar... A cerveja local. Forte e amarga, mas com um sabor muito bom. 


Do almoço, pausa para um sorvete e caminhada até o centro, local em que pegamos o mesmo ônibus X-13 para a estação de trem rumo a Viena.


Eu simplesmente adorei a Cidade e teria me arrependido caso não tivesse me arriscado nesse bate e volta. Super recomendo!!!


Detalhes que fazem a diferença