domingo, 9 de junho de 2013

A cômoda AMARELA: Restaurando um móvel chipandelle!!!


Eu sempre gostei do design dos móveis antigos, mas vou confessar que aquela madeira escura nunca ganhou meu coração não. Fica tudo muito pesado e acho que não tem muito a minha cara! 


Juro que quando vi o estrago me perguntei: Será que isso vai dar certo??

Estava precisando de uma cômoda com gavetas grandes, porque minhas coisas vem crescendo muito nestes últimos tempos... Pesquisa daqui e pesquisa dali, só encontrava cômodas com gavetas pequerruchas, bem rasinhas, parecia até móvel de brinquedo. Eu hein, a parada aqui é séria!!! Tenho muita coisa pra guardar e um compromisso em ser organizada...


Isso foi até eu ter uma ideia: vou reformar um móvel antigo!!! #FabiDecoradora. Momento eureca, só que eu tinha um problema. Não tinha o móvel antigo para reformar!!! Apenas um detalhe...haha

É nessas horas que casa de vô salva a vida da gente!!! Peguei uma cômoda toda cacarecada na casa do vovô e deu-se início a uma nova saga, a reforma!!! Onde, como e, principalmente, quanto?!? 



Olha o estado da pobrezinha antes da reforma?!?

Achei um ateliê aqui no meu bairro mesmo e deixei lá pra restaurar e laquear. Escolhi o laqueado acetinado - esta aí, descobri uma coisa que prefiro sem brilho - aquele que não é brilhoso feito esmalte, mas não chega a ser fosco. E a cor? AMARELA!!! 



As gavetas já restauradas e laqueadas!!

Tinha visto esta modinha de móveis chipandelle(não tenho certeza se é assim que se escreve... Não sou dessa época. Graças a Deus não sou tão velha assim!!!) coloridos já na internet  - eu adoro uma modinha né?!? - mas em todas as lojas que pesquisei o preço era um pouco salgado... Não que o preço não fosse justo, afinal estes móveis costumam ser de madeira maciça e dá um trabalho danado para colorir. Acho digno ser caro!



Cômoda já prontinha!!


Fiquei muito satisfeita com o resultado, a cômoda ficou linda e é um móvel de boa qualidade, super moderno, deu um up na decoração do meu quarto, fugindo da mesmice dos móveis que a gente vê por aí, e de quebra eu fiquei com uma recordação da casa do vovô. Tem coisa melhor que isso???

Estou 'in love' com minha nova aquisição...

Beijinhos!